Arquivo da tag: RPG

The Witch Hack: A Bruxa está solta!

theWitchHack_Thumb

Esta semana finalizei a primeira versão do mais novo “hack” do Nereus RPG e acredito que este seja, talvez, o mais pessoal de todos. The Witch Hack é um RPG de fantasia medieval clássica com regras simples e leves, derivadas do The Black Hack. O jogo possui um pé na Fantasia Sombria e um medieval mais “sujo” e menos glamuroso.

Todas estas características me remetem ao clássico Aventuras Fantásticas, o primeiro RPG que joguei na vida. Minha intenção com The Witch Hack é relembrar um pouco esta época, mas com uma roupagem nova e “moderna” (ou tão moderna quanto um jogo OSR pode ser).

Espero que gostem do The Witch Hack tanto quanto me diverti fazendo-o. Compilar as regras OSR para este fim resultou em um sistema bem interessante e estou me divertindo bastante com ele. Seu livro de regras possuem apenas 40 páginas e pode ser baixado gratuitamente aqui. Ele usa apenas dados comuns de seis páginas e possui todo o conteúdo original com as devidas alterações para este tipo de rolagem.

Então, talvez se você está procurando um RPG leve que remeta às mesmas influências dos RPGs introdutórios dos anos 80 da Inglaterra (como o já mencionado Aventuras Fantásticas, ou Dragon Warrior, Lone Wolf e até mesmo Hero Quest), talvez The Witch Hack seja uma opção para você, tanto quanto é para mim.

Masmorras Esquecidas, um “hack” caseiro do Whitebox

Masmorras Esquecidas é uma compilação das minhas regras favoritas do mais famoso RPG de Fantasia Medieval Clássica. Ele traz todas as regras necessárias para começar a jogar RPG. Estas regras são provenientes de material aberto desenvolvido ao longo dos anos pela comunidade OSR, com minhas preferências e “regras da casa”.

Estou disponibilizando aqui o livro de regras, para os que estejam interessados em descobrir um pouco mais sobre os RPGs Old School. Baixe já!

masmorrasEsquecidas_thumb

Personagens Bárbaros!

363px-Njal_saga_-_SkarphedinnBárbaros. Aventureiros provenientes de um povo tido como “não civilizado”. Nos mundos fantásticos eles possuem muitas faces: Exploradores corajosos, xamãs poderosos, guerreiros perigosos ou até mesmo ladrões furtivos e habilidosos.

Hoje vamos explorar sobre quais papéis um personagem bárbaro pode desempenhar, que habilidades eles podem ter, que tipo de ações são esperadas e que trilha ele pode seguir ao longo de sua evolução nas histórias do grupo. Além disso, vamos falar um pouco de um aspecto que é, muitas vezes, convenientemente esquecido por todos na mesa: o quão problemático é ser um bárbaro no meio de povos civilizados.

Afinal, como um bárbaro vê as contradições do mundo civilizado? E o questionamento oposto também é válido: como um povo civilizado enxerga um bárbaro que de repente adentra uma cidade-estado, reino ou vilarejo? Como explorar as divergências culturais que faz do seu personagem bárbaro algo mais que uma pilha de músculos?

Este artigo é suficientemente descritivo para ser aproveitado por qualquer jogador de qualquer sistema, mas os tópicos aqui descritos são fontes de ideias para Aspectos de Personagem, ao se utilizar das regras encontradas em Nereus!

Continuar lendo Personagens Bárbaros!

Editorial (Julho/Agosto 2012): Nereus 4.0, Calatoria e outros lançamentos

Apesar da aparente morosidade do blog, estamos até que bem em termos de produção de material. Mas uma pequena mudança na estratégia de lançar material faz com que o site seja atualizado em um ritmo não tão acelerado.

Então vim aqui reportar o que está sendo produzido até o momento, e quando ele estará disponível para a galera.

O primeiro lançamento é o Nereus 4E. A nova versão do livro de regras. Essa nova geração do Nereus irá trazer algumas novidades, além das costumeiras correções no sistema. O primeiro impacto é a diagramação: ela foi simplificada para favorecer a leitura o-line, já que o seu material foi ligeiramente ampliado e imprimir o livro já não é uma opção tão boa assim.

Estamos investindo tempo em publicar o Nereus 4E em PDF e ePUB (para tablets, e-readers e smartphones). Além desses dois formatos, está nos nossos planos favorecer os jogos on-line (ou para Mestres que usam Laptops em suas mesas) e no futuro vamos publicar uma versão HTML, para leitura em desktops e laptops. Para os interessados em desenvolver obras derivadas do Nereus, ele também será disponibilizado em TXT e ODT (OpenOffice ou LibreOffice).

Outra mudança é o lançamento das “sub-Ediçoes” da quarta edição: cada versão ganhará um codinome e tais codinomes seguirão uma temática, no caso da quarta edição, de nomes de montanhas. A primeira versão será de codinome “Fuji” e a versão definitiva da quarta edição será chamada Everest. Isso reforça a ideia que o Nereus é um sistema em constante desenvolvimento. A periodicidade de lançamentos de cada sub-edição será em torno de 6 meses, até culminar na versão Everest. Depois dela não há planos para uma quinta edição, reforçando a cunha de versão definitiva do sistema. Considerando a experiência das três ultimas edições, acredito que Nereus 4E terá algo em torno de quatro versões, sendo assim uma linha de desenvolvimento de um ano e meio até a versão definitiva.

O PDF do Nereus 4.12.10 (Fuji) será lançado no dia 10 de outubro de 2012.

Agora, tratando de suplementos, vou utilizar a divisão da quarta edição para planejar os lançamentos. Para esta versão, dois suplementos estão previstos: Calatoria e Decadentia. O primeiro será um cenário de fantasia medieval no melhor estilo “Sword & Sorcery”, o segundo (já mencionado anteriormente) será um cenário pós apocalíptico.

Além destes dois suplementos está prevista a publicação de uma aventura pronta introdutória, ainda sem nome, para jogadores iniciantes. Calatoria está previsto para a segunda metade de Novembro. Decadentia, por sua vez, deverá ser publicado em meados de Janeiro. A aventura introdutória será lançada em Fevereiro.

A versão seguinte do Livro de Regras será lançada no dia 4 de Março, e embora tenhamos uma ideia dos suplementos que serão lançados (veja abaixo) temos muitas coisas para fazer, corrigir e criar.

Esse sistema de publicações permitirá uma melhor organização da linha editorial do Nereus e o seu desenvolvimento e aprimoramento do sistema será mais proveitoso.

Com a média de dois suplementos por versão teremos 3 netbooks (livro de regras mais dois suplementos) ao longo de 6 meses, uma média de 1 netbook a cada 2 meses. Confesso que esse ritmo de lançamento é desafiador. Os lançamentos do Nereus “Fuji” estão garantidos. Após o lançamento do ultimo suplemento desta versão poderei dizer se este rítmo irá valer para as versões seguintes.

Portanto, a quarta edição terá os seguintes lançamentos:

  • Nereus 4.12.10 (Fuji): Lançamento no dia 10/10/2012 – Dois suplementos planejados (Calatoria e Decadentia)
  • Nereus 4.13.03 (Kongur): Lançamento no dia 04/03/2013 – Dois suplementos planejados (Crônicas Fantásticas e Nereus Cyberpunk)
  • Nereus 4.13.10 (Huangshan): Lançamento no dia 10/10/2013 – Dois suplementos pretendidos (nada planejado ainda, mas gostaria de escrever algo sobre o gênero pulp)
  • Nereus 4.14.03 (Everest): Lançamento no dia 04/03/2014 – Versão definitiva do Nereus e o ceú é o limite.

Bem, por enquanto é isso. Vamos atualizar este Cronograma a medida que os suplementos e livros de regras forem publicados. Devo dizer que esta é uma medida auto corretiva para que os planos de lançar material original se concretizem. Esta é uma estratégia para me disciplinar a escrever tudo que tenho jogado ultimamente. Estou empolgado com o desafio e farei deste meu principal hobby.

Como estarei dedicado a escrever tudo isso, o blog terá atualizações esporádicas. Portanto, falo com vocês em Setembro. Mas quem quiser pode  escrever um e-mail para bisorro.suco@gmail.com ou utilizar qualquer espaço de comentários deste blog para expressar suas dúvidas, críticas e sugestões.

Até lá,

Guilherme “Besouro Suco”

Editorial (Maio/Junho 2012): RPGs Indie, Decadentia e D&D 5

Este é o primeiro Editorial mensal do blog. A idéia desta nova categoria é trazer as atividades planejadas do mês e dar alguns pitacos daquilo que anda acontecendo com o RPG em geral. O real objetivo é motivar a mim mesmo a traçar metas do mês para tornar os objetivos do ano algo mais concreto.

Este mês gostaria de dizer que fiquei surpreso com a quantidade saudável de lançamentos recentes no mercado nacional. Acho que lançamentos como Space Dragon, Violentina, Este Corpo Mortal e Goblins em Campanha apenas fortalecem a tendência do mercado de RPG aqui no Brasil: jogos de tiragem menor, mas com qualidade. Acima disso, gostaria de dizer que estou feliz e extremamente satisfeito com o fator variedade de lançamentos. Vejam, mesmo dois lançamentos que tem como “sistema pai” o Old Dragon, eles são de propostas diferenciadas. A primeira resgata a Ficção Cientítifica clássica que remetem a Flash Gordon e Buck Rogers. O segundo, mesmo sendo de fantasia medieval traz uma proposta inversa ao trazer Goblins como protagonistas do jogo.

Violentina, trazendo o clima de filmes de Tarantino também trouxe uma maneira interessante de publicar o jogo: o financiamento coletivo. Este feito pode abrir os olhos de muita gente no mercado de RPG. Talvez isso viabilize ideias de escritores que, em tempos de outrora, jamais publicariam suas ideias. Aliado a isso temos a criatividade do jogador brasileiro. Acredito, de maneira otimista, que estamos em um momento de provação. Será que agora, temos a oportunidade de apreciar nossas próprias criações? Seria este o começo de uma era onde os jogos são feitos por jogadores como eu ou você e, ao mesmo tempo, financiados por nós mesmos?

Eu quero acreditar que sim. Pois tenho a plena certeza que temos muito a oferecer, uma vez que nós nos livremos dos grilhões dos títulos convencionais estrangeiros. O RPG americano é enorme e variado. Talvez aqui possamos, ao menos, ser variados em nossas mesas de jogos. Que venham os lançamentos. Diferentes. Originais. Jogos que nos identifiquemos.

Diante desta perspectiva otimista, onde levamos o “do it yourself” a um outro patamar, talvez as notícias acerca do D&D 5a. edição não sejam tão impactantes quanto as edições de antes foram para o nosso mercado. Para mim a intenção da Hasbro é bem clara: D&D precisa VOLTAR a agradar uma quantidade expressiva de jogadores. O D&D 4a edição foi um sucesso lá fora, mesmo assim uma quinta edição se faz necessária para não apenas expandir a gama de jogadores, mas também MANTER o seu público (e reconquistar a parcela que migrou para o Pathfinder). Quem acompanhou a supremacia do D&D sabe que estas preocupações nunca foram prioridade antes.

Assim eu pergunto: tamanho impacto reflete no Brasil? Seriam os objetivos grandiosos da Hasbro os mesmos de uma Devir, por exemplo? Respostas que só o tempo dirá. Meu grande desejo é que, daqui pra frente valorizemos os jogos condizentes com aquilo que NÓS queremos, e nada mais. Pois, cada vez mais existem menos impedimentos que mentes criativas publiquem seus jogos.

Por último, gostaria de anunciar o primeiro mini-suplemento de Nereus RPG, ainda para este mês: Decadentia. Você que leu nossos artigos de Cenários Pós-Apocalípticos deve ter visto uma ou outra referência ao cenário. Estou testando o formato em que ele será publicado. Seu conteúdo, como o próprio Nereus RPG, é minimalista. Ele cumpre a função de semente de ideias. Ele dita o tom, por meio de poucas palavras. Todo o mais é buscado pelo grupo. Se você conhece o material produzido pela Anti-Paladin Games para Mini-Six pode ter uma idéia do que está por vir.

Decadentia é uma cidade, montada em meio a escombros de um mundo devastado. Gangues aterrorizam os que querem sobreviver. Um Conselho corrupto rege a vida daqueles que decidiram chamar um amontoado de placas retorcidas de lar. Como todo cenário pós apocalíptico, Decadentia é impiedoso, feio e… decadente.

Atualmente está em fase de finalização e revisão. Seu lançamento está previsto para as próximas semanas.

Até o próximo mês.

Guilherme “Besouro Suco”

Documentário Dungeons & Dragons Experience

Ilustração do Mestre Elmore, a lenda

Fanáticos por D&D, uni-vos! Eu tinha visto este documentário faz um bom tempo, mas quando decidi posta-lo aqui seu autor o havia removido do youtube! Agora, pelo que parece, almas caridosas colocaram de volta ao ar esta relíquia que QUALQUER jogador de RPG deveria assistir.

Continuar lendo Documentário Dungeons & Dragons Experience