Dev Note #2: Layout e identidade visual

Tomei uma decisão sobre o livro: ele não terá ilustrações. Mesmo que eu tenha conseguido um acervo interessante de imagens e ilustrações de licença aberta ou domínio público, pretendo deixá-las apenas para os suplementos.

O Módulo Básico não terá nenhuma imagem. O motivo principal disso é que o livro tem mais de 80 páginas e isso eu quero que as pessoas imprimam o livro da forma mais econômica possível. Eu mesmo estou satisfeito com a impressão de textos na minha impressora utilizando a qualidade de rascunho.

Pensando nisso, a apresentação do livro é bem direta, de diagramação extremamente simples e com poucos recursos gráficos. Isso o torna verdadeiramente um livro de regras genéricas sem estar atrelado a nenhum estilo ou visual. Isso significa que a identidade visual desta nova edição busca ser a mais neutra possível.

Levando em conta a “neutralidade” do livro, pensei em como poderia fazer uma capa para o livro sem recorrer às ilustrações. Tomei como base duas capas de RPG: GURPS Basic Set primeira edição e o Whitehack. O primeiro é um RPG genérico, o primeiro que eu conheci e um dos meus favoritos – então decidi prestar uma homenagem a ele. O segundo me chamou a atenção pela capa retrô, sem recorrer a nenhuma ilustração.

Juntando o conceito de ambas, cheguei ao conceito inicial da capa do novo Módulo Básico. O símbolo dos hexágonos estilizados são pura homenagem ao GURPS, ainda que não possua ilustrações no interior destas figuras geométricas.

Mas não parei aqui. Eu quis dar um toque retrô. Algo que lembre um fanzine ou mesmo um RPG underground da geração xerox. Aplicando alguns filtros no GIMP para “envelhecer”a capa, deixando-a com com cara de uma “xerocada” terminei com a seguinte capa:

nereusMB_minimalist.png

Ela é tosca e feia, mas é de propósito. A mensagem da capa possui uma referência, um estilo neutro e inspira a natureza “do it yourself” desta edição.