Feito é melhor que perfeito

Powered-by-Fate-Final-Light-BGAmanhã (20 de outubro) irei publicar a primeira edição completa do Nereus “powered by Fate” (ou seja, a versão 1.0 do “reboot”). Ela é resultado da minha tradução informal do Fate Accelerated Edition e os artigos mais importantes do blog ao longo de 2014 e 2015. Estes posts são uma releitura do material do Fate publicado no Fate Core e no Fate System Toolkit, resultando em um livro de 63 páginas com uma boa quantidade de ideias e material para você criar seus próprios jogos, cenários e aventuras.

Com este “módulo básico”, estou ansioso mesmo para que os suplementos comecem a sair de vez. O primeiro está marcado para Janeiro e os demais serão acrescentados no cronograma a medida que eu tiver tempo para me dedicar à escrita deles.

Embora esteja empolgado, sei que o livro possui algumas falhas em alguns tópicos que irão merecer uma revisão em algum momento. No entanto, decidi lançá-lo mesmo assim. Ele terá seus defeitos sim, mas estes não me impediram de jogar e duvido que irá impedir qualquer um que esteja interessado. Como eu não quero enganar ninguém, vou postar aqui alguns tópicos que sei que irão precisar de melhorias em uma eventual revisão.

São eles:

  • Fadigas e Consequências precisam de um texto melhor. Ele ficou muito bom no original em inglês mas hoje me convenço que a linguagem usada não funciona muito bem em português. Teria sido melhor eu ter escrito alguns trechos e explanações do zero, mas isso não foi possível ainda.
  • O capítulo Experiência requer algum esclarecimento de como determinar as Etapas. As vezes fica confuso saber se o fim de uma aventura é um Etapa Significativa ou somente uma Etapa Menor. Talvez posts futuros do blog esclareçam as coisas.
  • Algumas regras da “Caixa de Ferramentas” podiam ser mais rígidas – “bater o martelo” em algumas questões que o Fate (e eu) deixo em aberto. Vejo, hoje, que isso não iria tirar a liberdade de criação do jogador ou do GM. Especialmente as regras de poderes extraordinários. Essas “pontas soltas” serão resolvidas naturalmente por meio de suplementos, mas sei que poderiam ser melhoradas dentro do Módulo Básico.
  • Os últimos dois capítulos “Conduzindo o Jogo” e “Caixa de Ferramentas” poderiam ser mais enxutos e diretos. Uma revisão leve no texto iria tornar a leitura mais amigável.

Como os erros e defeitos recorrem à explicação de como as coisas funcionam na minha leitura do Fate, elas não vão impedir o jogo de fluir.

No fim, acho que aprendi muito e a tendência é proporcionar suplementos melhores que o próprio MB. Eu espero que os pontos acima não impeçam ninguém de jogar, mas queria deixar bem claro que eu sei que o Módulo Básico não estará perfeito.No entanto, ele será publicado, do contrário sei que nunca vou lançá-lo.

Não entendam como desleixo: eu irei dar suporte para o seu conteúdo, pois este é o meu passatempo favorito!  Melhorias sempre estarão no cornograma, de uma forma ou de outra. Se você tiver alguma dúvida ou sugestão, por favor, entre em contato por e-mail: bisorro.suco@gmail.com