Férias do Blog

E chegou a época em que eu me canso do RPG. Chegou a hora de fazer um descanso para restaurar os Fadigas, Consequências Moderadas e Graves.

Esse ano foi bem legal e estou muito feliz com o Modulo Basico do Nereus. Ele se mostrou bem flexivel e com os Extras do jeito que eu queria. Tenho dois suplementos em produção, mas vou deixá-los para o ano que vem.

Agora chegou o momento de recuar e ponderar sobre as coisas. O Blog está longe de acabar, mas eu preciso de férias. Então, eu não pretendo publicar nada aqui até Janeiro de 2017, mas até lá, pode ter certeza que estarei com minha campanha em dia e os suplementos no forno.

Fui!

Cyberpunk: quando a vitória é um luxo

640px-industrial_remains_2827846519829

Mestrar em um cenário cyberpunk me fez lembrar de como as coisas são mais difíceis para os aventureiros do gênero. A máxima do gênero sempre foi “High Tech, Low Life” ou seja, você tem aquele futuro tecnológico contrastando com o fato de que a vida vale pouco, como na vida real.

Hoje descobri que a vitória pode ser luxo e resta aos personagens sobreviver e se contentar com o sucesso parcial de suas ações. Por mais poderosos e influentes que seus personagens sejam, é preciso que os jogadores entendam uma coisa: em um mundo cyberpunk O Sistema  vai fazer de tudo para impedir que você seja aquele salvador supremo dos outros jogos – acostume-se.

Então: como tirar proveito de uma constatação nada aventuresca de um gênero como esse? Vamos ver como o GM pode lidar com isso e como manter seus jogadores interessados em lutar por causas quase perdidas.

Continuar lendo

Aventureiros Medievais #2: Alquimista

alquimist

O Alquimista é um estudioso da transmutação, purificação e alteração da matéria. Dedicado a estudar os componentes que formam nosso plano de existência, o Alquimista busca a transmutação de matérias simples e sem valor (como o chumbo) em matérias nobres (como ouro e prata). Tido como feiticeiros por alguns povos, o alquimista realiza experimentos e procura entender os segredos fundamentais de tudo que os deuses plantaram no mundo.

São mestres da transmutação. Eles são capazes de imitar a matéria e sabem lidar com ácidos, solventes e venenos. É dito que alguns também são exímios curandeiros e conhecem materiais certos para amenizar o efeito de diversas enfermidades.

Nem todos os segredos estão plenamente claros para os alquimistas. Por isso, há muito o que ser descoberto e analisado. Um alquimista viajante leva um verdadeiro laboratório nas costas e normalmente precisa de algum ajudante ou montaria para carregar toda as bugigangas necessárias para o seu experimento.

Alquimistas possuem poucos rivais, mas qualquer um que escute boatos e causos sobre transformar qualquer coisa em ouro pode acabar entrando na vida de um alquimista de diversas formas: aliados, parceiros e até inimigos. Além disso, existem aqueles que os consideram verdadeiras fraudes: transmutação só pode ser alcançada pela verdadeira magia ou manifestação divina. Mas um alquimista irá simplesmente ignorar estes boatos e provar ao mundo que sua arte e ciência é a chave para os grandes segredos da matéria.

Continuar lendo

Aventureiros Medievais #1: Acadêmico

philosophermeditationhor

Este é o primeiro de uma série de Arquétipos “quase mundanos” para aventuras históricas ou de fantasia medieval com um viés mais “low fantasy” e até “sword & sorcery”.

O Acadêmico é um estudioso que dedicou a sua vida aos segredos e ao conhecimento. São homens e mulheres, normalmente associados a alguma Ordem, Guilda ou Irmandade que se entregaram de corpo e alma aos livros e à incessante curiosidade e desejo por conhecimento – talvez o maior de todos os poderes.

Um Acadêmico possui acesso a uma vasta gama de conhecimentos e fatos sobre uma determinada área de estudos que se dedicou tanto tempo. Ele é o personagem mais capaz dentro do grupo em lidar com grandes mistérios sobre algo. Talvez ele ou ela seja um expert em línguas antigas? Talvez sobre a história dos nossos antepassados? Seja lá qual for a sua área de conhecimento, você sempre possui algum conhecimento que irá surpreender a todos e revelar detalhes que ninguém podia imaginar.

Acadêmicos são aventureiros que buscam apenas um tipo de tesouro: o conhecimento. Nem todos os segredos e respostas estão em uma biblioteca e um acadêmico aventureiro saberá tirar proveito de uma expedição a antigos templos, cavernas e cidades abandonadas. A curiosidade e o apetite pelo conhecimento é a maior das motivações, e ele ou ela sabe que seu conhecimento abrirá portas para as respostas maiores.

Um estudioso pode ser confrontado com mistérios maiores que, talvez, estivessem sendo encobertos por um bom motivo. É o que dizem: a curiosidade matou o gato. Um acadêmico deve tomar cuidado com os passos que dá, pois inimigos dispostos a manter certos segredos ocultos podem ser oponentes formidáveis – tanto quanto aqueles que cobiçam os tomos do próprio acadêmico.

Continuar lendo

Dungeon Fantasy e Invisible Sun: os novos Kickstarters de peso

Me deparei com dois projetos no Kickstarter que gostaria de comentar: Dungeon Fantasy e Invisible Sun.

Ambos são projetos de duas editoras de peso (Steve Jackson Games e Monte Cook Games) e apresentam distinções claras: de uma lado temos um clássico revitalizado, do outro um jogo de fantasia surrealista com sistema e proposta inteiramente novos.

Continuar lendo

Removendo o cronograma

Olá. Eu estou trabalhando em dois projetos para o blog do Nereus: o primeiro é o cenário cyberpunk ‘2084’ e o segundo é o cenário de fantasia medieval clássica ‘Carcássia’. Ambos estão progredindo e ganhando forma a cada playtest e a cada parágrafo. Porém, eu decidi não mais manter um cronograma ou qualquer comprometimento sério com o hobby.

O motivo? Simples: RPG para mim é diversão, uma válvula de escape do dia a dia e meu maior passatempo. Me comprometer “seriamente” com ele provou ser um erro. Eu tive um burn-out com o Sistema d20 anos atrás por motivos semelhantes e quase parei de jogar RPG de vez. Então para evitar esse risco com o Fate, eu não vou levar essas coisas tão a sério.

O lado bom é que eu reformulei a maneira com que o conteúdo do blog será apresentado. Algumas ideias relacionadas a material de jogo serão incorporadas imediatamente – portanto fiquem atentos nas próximas semanas.

Outras ideias vão exigir mais cuidado e uma produção melhor. Por enquanto, vou deixar isso “no forno” enquanto vejo como conciliar o tempo livre que tenho com essas ideias malucas.

Nereus, um SRD on-line powered by Fate

Coloquei no ar uma versão experimental do SRD on-line do Nereus. Como vocês sabem o Nereus é um Hack do Fate e as vezes compartilhar partes do documento fica mais fácil em dias de Facebook, Roll20 e Hangouts.

Ainda vou fazer melhorias, mas o texto todo está ali e a página está em um formato até que amigável.

Acesso o SRD clicando aqui.